POTÊNCIA HMNEWS. ÚNICO COM CREDIBILIDADE E INOVAÇÃO EM PAPEL, INTERNET E EVENTOS.

ELÉTRICA | ILUMINAÇÃO | AUTOMAÇÃO |
SUSTENTABILIDADE | SISTEMAS PREDIAIS
 

 

+ de

106 mil

 

LEITORES, INTERNAUTAS, PROFISSIONAIS E FÃS DA REVISTA POTÊNCIA :)

 
ANUNCIE

Começa construção do maior projeto de energia fotovoltaica da Austrália

A Enel, por meio de uma joint venture entre a subsidiária de energia renovável do Grupo, a Enel Green Power SpA ("EGP"), e o Dutch Infrastructure Fund ("DIF"), iniciou a construção da planta fotovoltaica Bungala Solar One, de 137,7 MW, localizada perto de Port Augusta, no sul da Austrália. A planta constitui a primeira parte do Projeto Solar Fotovoltaico Bungala, cuja capacidade totalizará mais de 275 MW.

Plano Nacional de IoT tem 76 ações para o setor

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apresentaram no começo de outubro as diretrizes do Plano Nacional de Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês), que será concluído até o fim do ano. Um estudo encomendado pelo MCTIC e BNDES sugeriu a adoção de 76 ações em áreas como fomento à inovação e inserção internacional, infraestrutura e conectividade e regulação de segurança e privacidade de dados.

Empresas pagam multa na conta de energia sem saber

Muita gente paga a energia elétrica sem analisar a discriminação da fatura vinda da concessionária. É aí que, sem perceber, muitos empresários arcam com uma multa bem comum que onera em até 30% a conta no final de cada mês.

A importância do projeto de elétrica

Quem acha que para fazer uma instalação elétrica basta apenas passar os cabos e ligar as tomadas e interruptores está redondamente enganado. Uma instalação, para ser bem-feita e correta, deve nascer no papel, por meio de um projeto no qual serão considerados fatores específicos para cada necessidade. Sem um projeto elétrico corre-se o risco de o instalador fazer o que quiser e não cumprir como se deve as regras definidas na norma NBR 5410.

GE e Atlas se unem para entregar plantas solares mais eficientes

A tecnologia continua a quebrar barreiras para reduzir ainda mais os custos de geração de energia solar. Com um aumento de 50% de tensão comparado às versões anteriores, a tecnologia solar de 1.500 volts está liderando a tendência de continuar reduzindo os custos de eletricidade em meio a uma indústria solar cada vez mais competitiva.

Gigantes da indústria vão reduzir conta de energia e emissão de gases

Até meados de 2018, nove das maiores indústrias do país - Baxter, Bemis, Cecil, Coca-Cola Femsa, Ficosa, L’Oréal, Plastifluor, Termomecanica e Thyssenkrupp -  terão concluído todas as etapas para certificação na norma ISO 50001, que estabelece processos para melhorar o desempenho energético de suas unidades no Brasil. O processo, iniciado em agosto de 2016, já tem quatro dessas gigantes – Baxter, Bemis, Coca-Cola Femsa e L’Oréal – certificadas.

D’Avó reduz em 12% consumo de energia com controle de equipamentos

Com mais de 30 anos de existência, o Grupo D’Avó conta com dez hipermercados, oito drogarias, cinco postos de combustível e um shopping. Sexta maior rede do Estado de São Paulo, o Grupo está presente em diversos bairros da Zona Leste da cidade de São Paulo, além de cidades da Grande São Paulo como Suzano, Mogi das Cruzes, São Bernardo do Campo, Taboão da Serra e Itaquaquecetuba.