POTÊNCIA HMNEWS. ÚNICO COM CREDIBILIDADE E INOVAÇÃO EM PAPEL, INTERNET E EVENTOS.

ELÉTRICA | ILUMINAÇÃO | AUTOMAÇÃO |
SUSTENTABILIDADE | SISTEMAS PREDIAIS
 

 

+ de

106 mil

 

LEITORES, INTERNAUTAS, PROFISSIONAIS E FÃS DA REVISTA POTÊNCIA :)

 
ANUNCIE

Pós-venda e suporte técnico como diferenciais competitivos

A equiparação tecnológica aumenta a concorrência entre os players. Neste cenário, apenas a venda de soluções eficazes e bons produtos não é mais suficiente: é preciso que se encontre fornecedores com pós-venda eficiente e suporte técnico de qualidade.

Com esse cuidado, a paulista Promaquina, desenvolvedora de tecnologia de alta performance em linhas de envase e fechamento, conseguiu otimizar processos, entregar mais qualidade aos seus clientes e ainda diminuir custos. 

Marcos Urban, gerente Industrial e responsável pelos projetos elétricos dos equipamentos fabricados pela Promaquina, conta que a empresa decidiu procurar no mercado um parceiro que atendesse esta demanda de um pós-venda e suporte técnico de qualidade. Após analisar o segmento, encontrou na Mitsubishi Electric a condição necessária para otimizar seu negócio. “Nós trabalhávamos com um fornecedor que não tinha um suporte técnico adequado às nossas necessidades, um pós-venda eficaz, e isto impactava o nosso negócio. A troca para a Mitsubishi Electric nos possibilitou maior agilidade e assertividade”, afirma. 

Atualmente a Mitsubishi Electric fornece para a Promaquina as soluções FX5U com rede Modbus para controle de Inversores de Frequência, rede SSCNET III/H (fibra-óptica) para controle do servo motor, rede CC-Link para controle das remotas e rede Ethernet para comunicação com a IHM. “Foram necessários alguns ajustes para as soluções integrarem com nossos equipamentos e foi exatamente aí que o suporte técnico foi o grande diferencial”, explica Urban. 

Além do suporte técnico, a parceria trouxe outros benefícios para a empresa, como melhores custos nos produtos por meio de otimizações realizadas na integração dos equipamentos que compõem uma linha de envase. “Todo desenvolvimento foi realizado a quatro mãos, gerando um resultado muito satisfatório. Observamos um grande comprometimento da equipe técnica na parceria. Pudemos também observar uma percepção positiva dos nossos equipamentos pelos clientes por conta da marca Mitsubishi Electric”, finaliza o executivo. 

Para a Mitsubishi Electric, a contribuição no desenvolvimento dos equipamentos é algo que faz parte do negócio. “Estamos em parceria com a Promaquina para o desenvolvimento de outros equipamentos, com aplicações específicas para IHMs, e esperamos contribuir na abertura de novos negócios para ambas as empresas”, aponta Fábio Toledo, supervisor comercial da Mitsubishi Electric.